Conhecimento

O que a obra “Paulo de Tarso”, de Almeida Júnior, tem a ensinar para as marcas sobre propósito?

Na Igreja Nossa Senhora da Candelária, na cidade de Itu, em São Paulo, encontra-se este retrato de Paulo de Tarso. Elaborado por Almeida Júnior, a  coloração grená e o olhar ao infinito demonstram o caráter do apóstolo: viver o amor que o seu messias pregou como o maior dos mandamentos até ser crucificado. Sem dúvida,… Continuar lendo O que a obra “Paulo de Tarso”, de Almeida Júnior, tem a ensinar para as marcas sobre propósito?

Anúncios
Conhecimento

Pintor negro pioneiro no Brasil, Antonio Rafael Pinto Bandeira expressa a força dos afrodescendentes

Descendente de escravos, Antonio Rafael Pinto Bandeira ingressou na Academia Imperial de Belas Artes em 1879, aos 16 anos, Foi professor de desenho do Liceu de Artes e Ofícios em Salvador. Dono de uma técnica apurada e membro da elite, Bandeira não desviou de seu objetivo em retratar a força dos descendentes de africanos. Como… Continuar lendo Pintor negro pioneiro no Brasil, Antonio Rafael Pinto Bandeira expressa a força dos afrodescendentes

Conhecimento

A obra “Os Bandeirantes” de Henrique Bernardelli é uma lição para as marcas de que os fins não justificam os meios

Os bandeirantes são as figuras mais controversas da historiografia brasileira. Por muito tempo, tratados como heróis da expansão do território. Depois, como promotores do genocídio dos índios. A tela de Henrique Bernardelli, de 1889, capta um pouco dessa ambiguidade, mostrando os bandeirantes caídos e famélicos. Revela também que mesmo a férrea determinação em busca do… Continuar lendo A obra “Os Bandeirantes” de Henrique Bernardelli é uma lição para as marcas de que os fins não justificam os meios

Conhecimento

O pintor Pedro Américo, já em 1880, mostra o significado do empoderamento feminino

Pedro Américo pinta em 1880 este deslumbrante óleo. Trata-se de Judith, a astuta judia que se infiltrou no acampamento dos inimigos assírios. Viúva, veste uma roupa sensual, embebeda o general Holofernes e, ao deitar com ele, lhe decepa a cabeça. Volta ao lar  e, ao mostrar a cabeça decepada do líder dos algozes, inflama o… Continuar lendo O pintor Pedro Américo, já em 1880, mostra o significado do empoderamento feminino

Conhecimento

Georgina Albuquerque retrata pela primeira vez uma mulher na mesa de comando no Brasil

Quando conheci a obra e a vida da pintora Georgina de Albuquerque, senti um jato de energia. A artista em 1922 rompeu os cânones da obras históricas brasileiras ao colocar uma mulher – a imperatriz Leopoldina - como protagonista de um evento de marco no País. O quadro  “Sessão do Conselho de Estado” retrata o… Continuar lendo Georgina Albuquerque retrata pela primeira vez uma mulher na mesa de comando no Brasil

Conhecimento

A aquarela “Cena de carnaval”, de Debret, é um retrato da gênese do Brasil e da sua economia

Pintado por Jean-Baptiste Debret em 1823, a aquarela “Cena de carnaval” retrata, como diz o título, uma imagem da festa na cidade do Rio de Janeiro. Interessante notar a alegria pela “guerra dos limões” entre os negros, um hábito comum aos carnavalescos da época. Tal felicidade, com certeza, vinha da possibilidade de escravos e libertos… Continuar lendo A aquarela “Cena de carnaval”, de Debret, é um retrato da gênese do Brasil e da sua economia

Conhecimento

Um clássico do pintor Pedro Américo revela os desafios de Dom Pedro II e os das marcas hoje

Pintado por Pedro Américo em 1872, o quadro “A Fala do Trono” retrata a cerimônia comandada pelo imperador Dom Pedro II. Goste-se ou não da monarquia, tem de se reconhecer que o período do Segundo Reinado no Brasil foi um tempo conturbado, de guerras e rebeliões. O desafio que Dom Pedro II se impôs foi… Continuar lendo Um clássico do pintor Pedro Américo revela os desafios de Dom Pedro II e os das marcas hoje

Conhecimento

A obra-prima “Senhor dos Martírios” tem muito a ensinar para as marcas ao expor a devoção de cristo

No altar da sacristia do Mosteiro de São Bento no Rio de Janeiro, o frei Ricardo do Pilar deixou uma obra-prima. Concluída em 1690, a tela “Senhor dos Martírios” foi um dos últimos trabalhos do artista. O religioso foi o precursor da célebre Escola Fluminense de Pintura. Ao expor as cicatrizes de Cristo, a gravura… Continuar lendo A obra-prima “Senhor dos Martírios” tem muito a ensinar para as marcas ao expor a devoção de cristo

Conhecimento

O que a obra capixaba “Adoração dos reis magos” do século XVII tem a nos ensinar sobre revelação

Acho a chegada dos reis magos na manjedoura do menino Jesus um dos episódios mais tocantes da Bíblia. A Virgem Maria, uma refugiada em Belém, deveria estar muito assustada. Os presentes com certeza acalmaram seu coração. A pintura destacada neste post, “Adoração dos Reis Magos”, do artista português Belchior Paulo, retrata esse momento. Como todo… Continuar lendo O que a obra capixaba “Adoração dos reis magos” do século XVII tem a nos ensinar sobre revelação